Nesta sala adaptada de um antigo lagar de vinho, salienta-se uma grande lareira que no Inverno proporciona um calor envolvente e uma atmosfera própria das casas beirãs, com os seus Invernos de frias e longas noites.
A sala dispõe de aquecimento central, televisão, bilhar, aparelhagem de música, mesa para refeições e louça para uso exclusivo dos hóspedes.

Decorada com a preocupação de conforto, esta sala toda em pedra, está decorada com motivos adaptados à região e é sem dúvida uma das zonas da casa que mais marca todos os visitantes.is sobre você.

A Sala

Os Quartos

A Casa do Brigadeiro tem á disposição de quem nos visita seis quartos duplos, todos com casa de banho privativa e aquecimento central. Os quartos são confortáveis, equipados com mobiliário sóbrio, amplos e arejados.​
Na concepção da Casa do Brigadeiro, os proprietários tiveram em conta que seria preferível um investimento maior nas áreas de lazer em detrimento dos quartos, onde os hóspedes permanecem apenas as horas necessárias para descansarem. Óbviamente que isso não invalida o facto de termos quartos funcionais e com boa qualidade.

A Adega

A antiga adega da casa deu lugar a uma sala convertida em bar de apoio aos visitantes. Na recuperação tentou-se manter alguns dos pipos e os toneis que por cá se encontravam, bem como algumas alfaias e instrumentos inerentes à confecção do vinho.
Com um balcão em pedra e com o tampo adaptado com madeira retirada de toneis centenários, o bar tem à disposição dos visitantes um conjunto de bebidas nacionais e estrangeiras, café, chá e cerveja a copo.
Neste espaço, aquecido no inverno por um velho fogão a lenha, tem ao dispor dos hóspedes, televisão, aparelhagem de música e um computador com programa de karaoke.

O jardim

O jardim e a ribeira adjacente complementam a Casa do Brigadeiro. Neste espaço de absoluta tranquilidade, temos o parque de estacionamento fechado, um parque infantil enquadrado num relvado cheio de árvores de fruto, que dão uma sombra acolhedora no Verão, onde as temperaturas são normalmente elevadas.
Junto à ribeira sob uma frondosa magnólia centenária, temos uma mesa de pedra onde se revive o bucolismo da vida do campo, ouvindo o chilrear dos pássaros e a água a correr, que faz deste local um lugar especial, propício à meditação e à evasão.